Veja agora no Portal Rural Centro: 
Acesse aqui!
Esqueci minha senha...
Você está vendo uma oferta do fornecedor VETMAIS AGROPECUARIA

Descrição da oferta (ver detalhes abaixo)

TORMICINA 100
Ver mais fotos...

  Preços válidos para todo Mato Grosso do Sul.

- Nome e apresentação..: 

TORMICINA 100

- Fabricante.: 

Tortuga

4860 visualizações. 

Envie uma mensagem para o fornecedor VETMAIS AGROPECUARIA

Nome:
 
Seu e-mail:
 
Confirme o e-mail:
 
Telefone:
 
Mensagem:

Detalhes do produto

 TORMICINA 100 

Antibiótico de amplo espectro. Solução pronta para uso.

Fórmula (em 100 ml do produto):
Oxitetraciclina base..........................................................................10,00 g
Lidocaína...........................................................................................2,00 g
Veículo q.s.p. ............................................................................100,00 mL

Informações técnicas

TORMICINA 100 é uma solução estável à base de oxitetraciclina, que permite uma administração de maior quantidade de princípio antibiótico por unidade de dosagem.

Amplamente conhecida e usada na terapêutica moderna, a TORMICINA 100 provou ser eficaz no tratamento de uma grande variedade de infecções produzidas por bactérias gram-negativas, gram-positivas, espiroquetas, ricketsias, grandes vírus e certos protozoários sensíveis à Oxitetraciclina.

Indicações

Nas infecções produzidas por microorganismos sensíveis a oxitetraciclina, e como auxiliar no controle e prevenção das infecções pós-operatórias e pós-parto ocasionadas por microorganismos sensíveis à oxietetraciclina.

Bovinos - No tratamento da anaplasmose (Anaplasma marginaleAnaplasma centrale); actinobacilose (Actinobacillus lignieresii); actinomicose (Actinomyces bovis); metrites causadas por E. coli, cepas sensíveis de estafilococos e estreptococos; mastites causadas porCorynebacterium pyogenesE. coliPasteurella haemolytica e cepas sensíveis de estreptococus; pielonefrite bovina causada por Coryne-bacterium renale; artrites e poliartrites causadas por Salmonella spp., Escherichia coliClostridium spp. e cepas sensíveis de estreptococus; foot rot (podridão dos cascos) e difteria causados por Fusobacterium necrophorum; queratoconjuntivite bovina, causada por Moraxella bovis; leptospirose, causada por Leptospira spp.; bronquites, broncopneumonias e pasteurelose causadas por Pasteurella spp., Mycoplasma pneumoniae, Haemophillus spp., e Salmonella spp.; Pneumoenterites causadas por Salmonella spp, E. Coli.e cepas sensíveis de estreptococus.; bruceloses causadas por Brucella spp; enterites bacterianas causadas por Escherichia coliSalmonella spp.; cistites causadas por Corynebacterium pyogenes; onfaloflebite causada por E. coli,Salmonella spp., Fusobacterium necrophorum e cepas sensíveis de estreptococus; infecções causadas por Clostridium chauvoei
(Carbúnculo sintomático); por Bacillus anthracis (carbúnculo hemático); e Clostridium perfringens (enterotoxemia).

Suínos - No tratamento de pneumonias ocasionadas por Pasteurella multocida; metrites causadas por E. coli, cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus; leptospirose, causada por Leptospira spp.; erisipela (Erysipelothrix rhusiopathiae); mastites sistêmicas, causadas porCorynebacterium pyogenesE. coliPasteurella hemolytica e cepas sensíveis de estreptococus e estafilococus; enterites bacterianas (diarréias, colibacilose), causados por E. coliLawsonia intracellularis; disenteria causada por Serpulina hyodysenteriae; artrites, causadas porSalmonella spp., E. coliClostridium spp.
Feridas infectadas, por cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus à oxitetraciclina; pasteureloses (Pasteurella spp.), síndrome MMA (metrite/mastite/agalactia) em porcas, causadas por Mycoplasma spp., E. coli e cepas sensíveis de estreptococus e estafilococus à oxitetraciclina. Enterites (diarréias dos leitõezinhos), ocasionadas por E. Coli

Ovinos - pneumonia, ocasionada por Pasteurella multocida; aborto enzoótico, causado porSalmonella abortus ovis; metrites causadas por E. coli, cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus; infecções causadas por Clostridium chauvoei (carbúnculo sintomático); foot rot (podridão do casco), causado por Fusobacterium necrophorum. Mastites sistêmicas, causadas por Corynebacterium pyogenesE. ColiPasteurella hemolytica e cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus à oxitetraciclina. Artrite infecciosa , causada por E. coli,Salmonella spp., Clostridium spp. e cepas sensíveis de estreptococus e estafilococus à Oxite-traciclina; vibriose ovina (Vibrio fetus).
Feridas infectadas, por cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus.

Equinos: Para o tratamento de pneumonia (Streptococcus sp, E. coli, Actinobacillus equili, Corynebacterium equi), garrotilho, artrites, infecções da pele, anexos e tecidos moles (metrite, onfaloflebite, mastite, abcessos), determinados por Streptococcus sp, Corynebacterium sp, Fusobacterium necrophorum. Auxiliar no controle e prevenção das infecções pós operatórias causadas por germes sensíveis à oxietetraciclina.

Cães e Gatos: Pneumonia (Pasteurella sp, Mycoplasma), metrite (E. coli, Staphilococcus e Streptococcus), otite (Streptococcus sp), abcessos (Corynebacterium sp, Streptococcus sp), erliquiose (Erlichia canis), infecções de pele e anexos.

Aves: Para o tratamento da Bouba Aviária e Doença Respiratória Crônica Complicada, causadas por Mycoplasma gallisepticum e E. coli

Coelhos: Para o tratamento e infecções causadas por Pasteurella multocida, Bordetella bronchiseptica, E. coli e Salmonella sp.

Modo de Usar

Via injetável intramuscular profunda.

De preferência não aplicar mais de 10mL no mesmo local. 

Posologia

Doses diárias conforme o peso do animal.

Bovinos e Equinos: Administrar 1 mL para cada 10 Kg de peso corporal, ou seja, 10 mg/Kg de peso vivo.

Suínos, Ovinos e Caprinos: até 5 Kg, administrar uma dose de 0,5 mL. Acima de 5 Kg, administrar 1 mL para cada 10 Kg de peso corporal.

Cães, Gatos e Coelhos: 0,5 mL para cada 5 Kg de peso.

Aves: 0,25 mL/ Kg a 0,5 mL/ Kg de peso vivo.

Restrições de uso, período de carência

* Não administrar em vacas leiteiras lactantes.
* Suspender a medicação 30 dias antes do abate dos animais destinados para o consumo humano.

Precauções

* Não diluir o medicamento.

* Usar equipamento estéril e obedecer as normas de assepsia.
* Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças e animais domésticos;
* Guardar as embalagens em local seco e fresco, ao abrigo dos raios solares.
TORMICINA 100 é bem tolerada, entretanto, pode ocorrer reação local discreta, que desaparece sem necessidade de tratamento.


Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário.

Conservar o frasco em local seco e fresco, ao abrigo dos raios solares, fora do alcance das crianças e dos animais domésticos.

A solução pode tornar-se mais escura com o passar do tempo, porém sua atividade permanece inalterada.

Apresentações
Frascos- ampola com 10mL, 20mL, 50mL, 100 ml e 1 L..

Validade do Produto
2 (dois) anos após a data de fabricação.

"A Rural Centro Ltda não se responsabiliza pelas informações contidas neste anúncio."

"Informações de responsabilidade do anunciante."