Veja agora no Portal Rural Centro: 
Acesse aqui!
Esqueci minha senha...
Você está vendo uma oferta do fornecedor CENTRAL DE COMPRAS DO FAZENDEIRO

Envie uma mensagem para o fornecedor CENTRAL DE COMPRAS DO FAZENDEIRO

Nome:
 
Seu e-mail:
 
Confirme o e-mail:
 
Telefone:
 
Mensagem:

Detalhes do produto

  TORMICINA 100 


Antibiótico de amplo espectro. Solução pronta para uso.

Fórmula (em 100 ml do produto):
Oxitetraciclina base..........................................................................10,00 g
Lidocaína...........................................................................................2,00 g
Veículo q.s.p. ............................................................................100,00 mL

Informações técnicas

TORMICINA 100 é uma solução estável à base de oxitetraciclina, que permite uma administração de maior quantidade de princípio antibiótico por unidade de dosagem.

Amplamente conhecida e usada na terapêutica moderna, a TORMICINA 100 provou ser eficaz no tratamento de uma grande variedade de infecções produzidas por bactérias gram-negativas, gram-positivas, espiroquetas, ricketsias, grandes vírus e certos protozoários sensíveis à Oxitetraciclina.

Indicações

Nas infecções produzidas por microorganismos sensíveis a oxitetraciclina, e como auxiliar no controle e prevenção das infecções pós-operatórias e pós-parto ocasionadas por microorganismos sensíveis à oxietetraciclina.

Bovinos - No tratamento da anaplasmose (Anaplasma marginaleAnaplasma centrale); actinobacilose (Actinobacillus lignieresii); actinomicose (Actinomyces bovis); metrites causadas por E. coli, cepas sensíveis de estafilococos e estreptococos; mastites causadas porCorynebacterium pyogenesE. coliPasteurella haemolytica e cepas sensíveis de estreptococus; pielonefrite bovina causada por Coryne-bacterium renale; artrites e poliartrites causadas por Salmonella spp., Escherichia coliClostridium spp. e cepas sensíveis de estreptococus; foot rot (podridão dos cascos) e difteria causados por Fusobacterium necrophorum; queratoconjuntivite bovina, causada por Moraxella bovis; leptospirose, causada por Leptospira spp.; bronquites, broncopneumonias e pasteurelose causadas por Pasteurella spp., Mycoplasma pneumoniae, Haemophillus spp., e Salmonella spp.; Pneumoenterites causadas por Salmonella spp, E. Coli.e cepas sensíveis de estreptococus.; bruceloses causadas por Brucella spp; enterites bacterianas causadas por Escherichia coliSalmonella spp.; cistites causadas por Corynebacterium pyogenes; onfaloflebite causada por E. coli,Salmonella spp., Fusobacterium necrophorum e cepas sensíveis de estreptococus; infecções causadas por Clostridium chauvoei
(Carbúnculo sintomático); por Bacillus anthracis (carbúnculo hemático); e Clostridium perfringens (enterotoxemia).

Suínos - No tratamento de pneumonias ocasionadas por Pasteurella multocida; metrites causadas por E. coli, cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus; leptospirose, causada por Leptospira spp.; erisipela (Erysipelothrix rhusiopathiae); mastites sistêmicas, causadas porCorynebacterium pyogenesE. coliPasteurella hemolytica e cepas sensíveis de estreptococus e estafilococus; enterites bacterianas (diarréias, colibacilose), causados por E. coliLawsonia intracellularis; disenteria causada por Serpulina hyodysenteriae; artrites, causadas porSalmonella spp., E. coliClostridium spp.
Feridas infectadas, por cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus à oxitetraciclina; pasteureloses (Pasteurella spp.), síndrome MMA (metrite/mastite/agalactia) em porcas, causadas por Mycoplasma spp., E. coli e cepas sensíveis de estreptococus e estafilococus à oxitetraciclina. Enterites (diarréias dos leitõezinhos), ocasionadas por E. Coli

Ovinos - pneumonia, ocasionada por Pasteurella multocida; aborto enzoótico, causado porSalmonella abortus ovis; metrites causadas por E. coli, cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus; infecções causadas por Clostridium chauvoei (carbúnculo sintomático); foot rot (podridão do casco), causado por Fusobacterium necrophorum. Mastites sistêmicas, causadas por Corynebacterium pyogenesE. ColiPasteurella hemolytica e cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus à oxitetraciclina. Artrite infecciosa , causada por E. coli,Salmonella spp., Clostridium spp. e cepas sensíveis de estreptococus e estafilococus à Oxite-traciclina; vibriose ovina (Vibrio fetus).
Feridas infectadas, por cepas sensíveis de estafilococus e estreptococus.

Equinos: Para o tratamento de pneumonia (Streptococcus sp, E. coli, Actinobacillus equili, Corynebacterium equi), garrotilho, artrites, infecções da pele, anexos e tecidos moles (metrite, onfaloflebite, mastite, abcessos), determinados por Streptococcus sp, Corynebacterium sp, Fusobacterium necrophorum. Auxiliar no controle e prevenção das infecções pós operatórias causadas por germes sensíveis à oxietetraciclina.

Cães e Gatos: Pneumonia (Pasteurella sp, Mycoplasma), metrite (E. coli, Staphilococcus e Streptococcus), otite (Streptococcus sp), abcessos (Corynebacterium sp, Streptococcus sp), erliquiose (Erlichia canis), infecções de pele e anexos.

Aves: Para o tratamento da Bouba Aviária e Doença Respiratória Crônica Complicada, causadas por Mycoplasma gallisepticum e E. coli

Coelhos: Para o tratamento e infecções causadas por Pasteurella multocida, Bordetella bronchiseptica, E. coli e Salmonella sp.

Modo de Usar

Via injetável intramuscular profunda.

De preferência não aplicar mais de 10mL no mesmo local. 

Posologia

Doses diárias conforme o peso do animal.

Bovinos e Equinos: Administrar 1 mL para cada 10 Kg de peso corporal, ou seja, 10 mg/Kg de peso vivo.

Suínos, Ovinos e Caprinos: até 5 Kg, administrar uma dose de 0,5 mL. Acima de 5 Kg, administrar 1 mL para cada 10 Kg de peso corporal.

Cães, Gatos e Coelhos: 0,5 mL para cada 5 Kg de peso.

Aves: 0,25 mL/ Kg a 0,5 mL/ Kg de peso vivo.

Restrições de uso, período de carência

* Não administrar em vacas leiteiras lactantes.
* Suspender a medicação 30 dias antes do abate dos animais destinados para o consumo humano.

Precauções

* Não diluir o medicamento.

* Usar equipamento estéril e obedecer as normas de assepsia.
* Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças e animais domésticos;
* Guardar as embalagens em local seco e fresco, ao abrigo dos raios solares.
TORMICINA 100 é bem tolerada, entretanto, pode ocorrer reação local discreta, que desaparece sem necessidade de tratamento.


Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário.

Conservar o frasco em local seco e fresco, ao abrigo dos raios solares, fora do alcance das crianças e dos animais domésticos.

A solução pode tornar-se mais escura com o passar do tempo, porém sua atividade permanece inalterada.

Apresentações
Frascos- ampola com 10mL, 20mL, 50mL, 100 ml e 1 L..

Validade do Produto
2 (dois) anos após a data de fabricação.

 

"A Rural Centro Ltda não se responsabiliza pelas informações contidas neste anúncio."

"Informações de responsabilidade do anunciante."